Os principais animais em extinção na África

A África é reconhecida internacionalmente como rota de turismo ecológico no mundo. Sua rica savana e safáris exóticos proporcionam sensações inesquecíveis para os viajantes, que vão em busca de contato direto com o meio ambiente e seus animais.
Entretanto, esse paraíso ecológico está ameaçado e a cada ano aumenta a lista de animais que correm o risco de desaparecer da natureza, conheça alguns deles:

Gorila da Montanha

Animais encontrados em Ruanda, no Zaire e em Uganda, eles estão ameaçados de extinção por conta da caça ilegal, da destruição de seu habitat natural, por causa de guerras, doenças e da caça. Hoje existem apenas 700 deles na natureza.
Gorila da Montanha
Foto: jpmckenna

Elefante

Em busca de seu marfim, caçadores estão eliminando a população de elefantes da África. Atualmente, o país tem tomado medidas para tentar proteger a espécie. A domesticação do animal para fins econômicos também está contribuindo para a sua extinção.
Elefante
Foto: petechar

Camelo-Bactriano

Nativo do leste da África, o animal está quase extinto. A principal causa disso é a destruição de seu habitat natural por fazendeiros e mineradores. Em todo mundo, existem cerca de 700 animais atualmente.
Camelo-Bactriano
Foto: jerrold

Rinoceronte

A espécie corre sério risco de sumir da natureza por causa da caça ilegal de seus chifres, que são contrabandeados e vendidos normalmente na Ásia.
Rinoceronte
Foto: jroldenettel

Rinoceronte Negro

Originário da África Ocidental, essa subespécie de rinoceronte foi declarada extinta pela IUCN (União Internacional de Conservação da Natureza). A principal hipótese por terem desaparecido da Terra é a caça por seu chifre, muito apreciado para fazer cabos de adagas e curar febres, além do chifre ser considerado por alguns um afrodisíaco.
Rinoceronte negro

Zebra de Grévy

Natural da África Central e do Sul, a espécie também está na lista de animais ameaçados de extinção. Durante anos, esses animais foram caçados por comerciantes de peles.
Zebra de Grévy
Foto: wikipedia

Asno Selvagem Africano

A subespécie corre o risco de desaparecer da natureza por conta de sua domesticação e da destruição de sua habitat natural. Hoje, existem pouco mais de 500 deles na natureza.
Asno Selvagem Africano
Foto: ucumari

Chimpanzé da Tanzânia

A subespécie entrou na lista de extinção por conta da destruição de seu habitat natural, da caça ilegal pelo mercado de carne e animais e por doenças.
Chimpanzé da Tanzânia
Foto: wikipedia

Leão

O rei da floresta também não escapou dos perigos causados pelo homem e entrou na lista de animais ameaçados de extinção na África. A pior situação é vista no centro e oeste africanos, em que apenas 645 leões foram encontrados. De acordo com a ONG britânica Lionaid, a espécie já foi exterminada em 25 países da África. Recentemente, a caça recreativa de leões foi proibida na Zâmbia.

Postagens mais visitadas deste blog

SURICATO,NO SEU HABITAT NATURAL