BÚFALO AFRICANO


búfalo-africano(Também conhecido como búfalo-cafrebúfalo-do-cabobúfalo negro africano ou ainda búfalo-da-cafraria), de nome científico Syncerus caffer, é um mamífero bovino nativo da África. É um herbívoro de grandes dimensões. A Fêmea adulta chega a 1,60 metros de altura e cerca de 500 kg a 600 kg de peso. O Macho adulto é ainda maior, chegando a cerca de 1,75 ou até a 1,80 metros de altura(medidas tomadas desde o chão até a altura máxima da espádua) e 900 kg de peso.
O búfalo-africano embora fisicamente semelhante ao búfalo comum encontrado na pecuária do norte do Brasil, é um animal de maior porte e selvagem. O búfalo adulto é muito forte, impondo respeito mesmo a um grupo de leões que possa cruzar o seu caminho. Além do homem, possui como predador natural o leão, mas mesmo um indivíduo da manada é capaz de se defender usando a força ou a proteção da própria manada. Regularmente pelo número de animais na manada, pela dispersão no terreno e pela falta de defesa de animais idosos, os leões podem matar e comer um búfalo, mas isto exige que um grupo de leões se organize e ataque um único animal. É muito raro um leão conseguir ferir com gravidade ou matar um búfalo adulto atacando-o sozinho. Outros predadores como as hienas e os leopardos, somente conseguem atacar um búfalo novo e que por algum motivo encontra-se desprotegido da manada. O búfalo-africano nunca foi domesticado e permanece selvagem em regiões e parques nacionais da savana africana.
O búfalo-africano, também chamado de búfalo-do-cabo, é encontrado normalmente nas pradarias (grasslands) e na savana, nos seguintes países: EtiópiaSomáliaZâmbiaZimbábueNamíbiaBotswanaMoçambiqueÁfrica do SulQuênia e Tanzânia.
No passado a população dos búfalos-africanos chegou a 10 milhões de animais, atualmente estima-se que sobrevivem 900.000, sendo a maioria na savana da África oriental. Os motivos para a diminuição da população dos búfalos-africanos foi a caça predatória, o uso do seu habitat como campos de agricultura, secas e a introdução no continente africano de pestes e doenças. Atualmente é considerado um animal fora do risco de extinção devido a proteção em parques nacionais e reservas privadas nas regiões da savana africana, entretanto o seu habitat é diminuído em área a cada ano (Huffman, 2006).

Símbolo

Como símbolo do safári africano, pertence ao grupo de animais selvagens chamado de big five, correspondente aos 5 animais mais difíceis de serem caçados: leãoleopardoelefante, búfalo e rinoceronte.
acesse:http://cellyrecarga.multipin.com oi,claro,tim,vivo

Postagens mais visitadas deste blog

SURICATO,NO SEU HABITAT NATURAL