A maior tartaruga marinha de todas

A gigante de couro pode atingir dois metros de comprimento e pesar até 750 kg. Saiba mais sobre esta espécie fascinante

Cada fêmea de tartaruga de couro, a gigante Dermochelys coriacea desova pelo menos seis vezes por temporada, mas é a espécie com menor quantidade de ovos por ninho, cerca de 90, enquanto que uma cabeçuda (Caretta caretta) pode chegar a colocar 120 ovos de uma vez. O intervalo entre as desovas varia de 8 a 11 dias.
Normalmente, a tartaruga gigante sai da água enquanto a maré sobe, o que diminui a energia gasta em seu deslocamento na areia. Suas áreas de desova são limitadas às praias arenosas, sem a presença de recifes ou rochas que podem provocar ferimentos devido ao seu grande peso.
Seu casco é preto-azulado, com quilhas brancas longitudinais e salpicado por manchas brancas. Bem desenvolvido, é formado por pequenos ossos organizados lado a lado e cobertos por uma camada de couro que o torna mais flexível (ao contrário das demais espécies). Essa característica possibilita mergulhos a grandes profundidades (superiores a 1.500m), em busca de alimento (águas-vivas e outros organismos semelhantes).
Como diz o seu nome comum, é a maior das espécies de tartarugas marinhas do mundo. Pode atingir dois metros de comprimento e até 750 kg. É também a que tem distribuição mais abrangente: vive em todos os oceanos, atingindo águas subpolares. A estimativa mundial é de uma população em torno de 50 mil fêmeas em idade reprodutiva.

Postagens mais visitadas deste blog

SURICATO,NO SEU HABITAT NATURAL